A pesquisa no ICP busca submeter os conceitos da psicanálise à prova da experiência clínica, testar seus limites, forçá-los a produzir novas elaborações. Desenvolvida a partir dos núcleos de pesquisa do ICP, através de uma investigação coletiva em vertentes específicas nas quais o psicanalista é chamado a atuar na polis, seja no campo da saúde mental, da psicose, das toxicomanias, da psicanálise com crianças e nas diversas conexões da psicanálise: com a medicina, com o direito, com a lógica contemporânea.

A participação nos núcleos está sujeita a admissão por seus coordenadores. O Instituto conta atualmente com sete núcleos. Clique sobre o nome de cada núcleo para mais informações.