A CRIANÇA NO DISCURSO ANALÍTICO - CURUMIM

Coordenação: Maria do Rosário Collier do Rêgo Barros e Maria Inês Lamy
Periodicidade e horário: segundas e quartas terças-feiras de cada mês, às 21h00
Início: 14 de março

Quais os trajetos que levam à definição sexual de cada sujeito? Essa questão parece se alinhar à de Freud sobre a escolha da neurose e à de Lacan sobre a decisão insondável do ser, na medida em que nenhuma delas se resolve em respostas rápidas e, ao mesmo tempo, todas nos colocam a trabalho, abrindo caminhos de pesquisa.
Com inspiração no tema do VIII Enapol (“Assuntos de família – seus enredos na prática”), a NR Cereda/BR propõe pesquisar a escolha do sexo por cada criança a partir da incidência das novas configurações familiares e do contexto contemporâneo de diversidade sexual.
A discussão dos impasses surgidos na clínica será fundamental para guiar a leitura dos textos.