PSICOSE E SAÚDE MENTAL

Coordenação: Vicente Machado Gaglianone
Co-coordenação: Paula Borsoi
Periodicidade e horário:segundas e quartas terças-feiras do mês, às 19h30
Início: 24 de abril de 2018

Neste ano, iniciaremos nossa pesquisa tentando seguir a partir do ponto onde nos encontrávamos ao terminar 2017. Procurávamos verificar a proposição de Yves Vanderveken em seu texto de orientação ao IX Congresso da AMP, de que toda a problemática da psicose ordinária tinha como ponto central a questão do recalcamento, a partir da oposição paradigmática encontrada na passagem de Édipo a Hamlet, tal qual Lacan a definiu em seu Seminário 6. Serão dois encontros para avançar neste problema.

Para a sequência, optamos por nos deixar afetar pela chuva de informações que certamente nos chegará durante nosso congresso em Barcelona, para então, posteriormente, traçar uma linha de pesquisa para os encontros seguintes do semestre, fazendo uma espécie de tempo para compreender o que de lá terá sido visto.

Como de costume, procuraremos articular a práxis clínica com o campo da saúde pública e seus impasses, a partir dos “Encontros abertos”, que acontecem semestralmente. Daremos sequência também às “Conversações virtuais entre Núcleos”, que atualmente ocorrem com o Núcleo de Santa Catarina.

Bibliografia inicial
Lacan, J. (1958-59) O Seminário, Livro 6: O desejo e sua interpretação. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2016.