CLÍNICA E POLÍTICA DO ATO
Coordenação: Ondina Machado e Heloísa Caldas
Periodicidade e horário segundas e quartas sextas-feiras de cada mês, às 14h30
Início: 10 de março

Ato e psicose O próximo Congresso da AMP será em Barcelona, em 2018. O tema já foi lançado: As psicoses ordinárias e as outras – sob transferência. Nossa Unidade poderá contribuir com o estudo do ato e sua incidência na clínica das psicoses. Para isso, propomos o estudo detalhado dos casos reunidos nos livros “Os casos caros, inclassificáveis, da clínica psicanalítica: a Conversação de Arcachon” e “A psicose ordinária”, ambos estão editados em português e contam com inúmeros casos interessantíssimos acompanhados das discussões que se seguiram a cada apresentação. Destacaremos aqueles que apresentam actings e passagens ao ato, mas debateremos também casos das nossas clínicas que nos esclareçam pontos candentes dessa discussão: diferenças e semelhanças entre psicose ordinária e extraordinária, manejos da transferência, desencadeamentos e neodesencadeamentos e outras questões que se impuserem.
Para relembrar nossas bases sobre o ato, iniciaremos o semestre com quatro breves apresentações de capítulos escolhidos do livro Short Story, de Graciela Brodsky.


Importante: Os interessados devem enviar e-mail para ondinamrm@gmail.com explicando o motivo do interesse na pesquisa.

Bibliografia:

Brodsky, Graciela. Short story. RJ: Contracapa, 2004.
____. Loucuras discretas. BH: Scriptum, 2011.
Miller, J.-A. et all. Os casos caros, inclassificáveis, da clínica psicanalítica: a Conversação de Arcachon. SP: Biblioteca Freudiana, 1998.
Miller, J.-A. et all. A psicose ordinária: a Convenção de Antibes. BH: Scriptum, 2012.