A psicanálise do fim do mundo (e a política do sinthoma)

coordenação: Marcus André Vieira
onde: Sede da EBP-Rio
quando: quinta-feira às 20h30
Como situar a interpretação do inconsciente em tempos de pós-verdade? A função da escrita, sempre essencial à interpretação na experiência freudiana, será o fio condutor para aproximarmos o fim do humanismo em nossos dias com o fim de uma análise, a partir da teoria da escrita que se depreende das indicações de Jacques Lacan com relação ao que chamou em seus últimos seminário de sinthoma.
outras informações: psidofimdomundo@gmail.com